Caso não consiga visualizar corretamente esse e-mail, copie e cole o link em seu navegador:
http://www.glassecviracon.com.br/bv/75/index.html
GlassecViracon Novembro 2019 - EDIÇÃO Nº 75  
Boletim do Vidro
 
 
DESTAQUE DO MÊS
 
Anderson Leite       Indaiatuba ganha seu 1º edifício triple A

A ideia inicial era construir um edifício de salas comerciais com técnicas e materiais modernos, mas o projeto ganhou corpo e novos atrativos deram forma a um centro comercial, que promete se tornar referência na região.

Trata-se do GH Corporate, um empreendimento do Grupo Green House localizado às margens da rodovia Santos Dumont, que liga o município de Indaiatuba a Campinas com acesso ao Aeroporto Internacional de Viracopos.
 
 
Situada a cerca de 100 Km da capital paulista, a região concentra empresas de logística e indústrias de diferentes segmentos, tendo potencial para a expansão desse tipo de empreendimento.

É ali que a Green House Móveis tem o showroom de fábrica de seu mobiliário para área externa, com 1.600 metros quadrados, considerado o maior da América Latina. Em linha com as demandas contemporâneas por produtos sustentáveis, o Grupo GH investiu na construção desse edifício corporativo, que obteve a certificação triplo A em nível regional e nacional pelo Núcleo de Real Estate da Escola Politécnica, da Universidade de São Paulo.

A GlassecViracon forneceu os vidros duplos insulados laminados de controle solar em grandes dimensões para o edifício, que já está operando parcialmente.
 
 
LINHAS RETAS
De acordo com o arquiteto Anderson Leite, que assina o projeto, o briefing do cliente foi construir “um prédio contemporâneo, com linhas retas, que explorasse a tecnologia e se destacasse na paisagem da rodovia”.

A inspiração para a arquitetura foram “os prédios alemães atuais, com vidro piso-teto e o máximo de soluções embutidas, como piso elevado e sistema de ar-condicionado, para que o interior ficasse totalmente livre”, explica.
   
 
Para a face externa do edifício, continua Anderson, “queríamos uma linguagem mais limpa, trabalhando o contraste do brilho do vidro com o concreto fosco, quase grafite”.
 
 
 
SOLUÇÕES PARA GREEN BUILDING

Sobre como se deu a escolha pelos vidros insulados laminados de controle solar, Anderson Leite nos conta a história desde o começo. “Sempre gostamos da estética de envoltória de vidro, só que, para nossa região, temos o desafio de eficiência energética por conta do calor e da alta transmissão de luz.”

“Como costumamos viajar com a Green House para participar de feiras fora do país, acabamos conhecendo melhor o insulado em um prédio na China e tivemos a ideia de especificar esse vidro para otimizar o sistema de ar-condicionado e reduzir o barulho, porque estamos na rodovia”, esclarece o arquiteto. “Então procuramos o insulado para viabilizar o projeto, no sentido de obter o conforto termoacústico, até porque estávamos acompanhando as soluções de green building e do Triple A”.
 
Se ele e os clientes ficaram satisfeitos com o resultado? “A solução foi ótima, conseguimos ter redução significativa de barulho e de temperatura”, avalia o arquiteto, destacando também “o efeito estético com o tamanho dos vidros”, que propiciou “um visual bem interessante das lajes internamente”.
 
 
 
    CAMINHO ABERTO
Perguntado se o GH Corporate é, de fato, o primeiro edifício com vidros insulados construído até o momento no interior do estado, Anderson não pôde confirmar, mas já lhe disseram que sim. O Boletim do Vidro também não obteve sucesso em ratificar essa informação, mas, certamente, é um dos únicos.

Em relação ao significado de ter um edifício com esse padrão construtivo e tecnológico para Indaiatuba e região, o arquiteto aponta para o futuro. “Temos na cidade muitos edifícios residenciais e comerciais, mas mais acanhados em soluções de tecnologia e arquitetura. Então, acho que abrimos um caminho para incentivar a busca dessas soluções de melhorias e qualidade, por mais que o público leigo ainda não entenda ou não visualize isso.”
 
Como contraponto, ele esclarece que “para o público do prédio, as empresas, é bem importante o que o edifício oferece, um ponto positivo para os locadores e contratantes”.

O GH Corporate já está parcialmente em operação, com a academia, o restaurante e as salas de auditório em funcionamento. O centro de convenções, com três faces envidraçadas, está sendo finalizado. A cobertura vai abrigar um restaurante e um bar, de onde os frequentadores poderão explorar, com esses vidros de alto desempenho, a charmosa paisagem do entorno.
 
  Site Facebook YouTube Linkedin E-mail GV   Imprimir VERSÃO PARA IMPRESSÃO
PUBLICADO POR GLASSECVIRACON • DIRETORIA DE MARKETING: Claudia Mitne • APOIO: Filomena Florêncio Sousa
DIAGRAMAÇÃO: Arbore Editoração • CONTEÚDO: Auris Produções e Comunicações • JORNALISTA RESPONSÁVEL: Silvana Afram (MTb 14.950)
Para que sua mensagem não caia na caixa de SPAM, adicione contato@glassecviracon.com.br à sua lista de contatos.